Music Monday

segunda-feira, 26 de junho de 2017


Hello! Hoje segunda-feira dia de Music Monday por aqui, então vamos lá! Vocês sabem que eu gosto de Paramore não sabem? Se não sabiam agora sabem, de qualquer maneira já comentei sobre a banda em diversos posts, qualquer coisa coloca alí na barra de pesquisa "Paramore" e verá haha! :D
Mesmo tendo comentado sobre eles por aqui ainda não tinha feito um post de Music Monday só deles e como eu acabei de completar 26 anos, até fiz um post sobre isso aqui e no novo álbum da banda After Laughter existe uma música chamada "26" decidi que seria legal eu compartilhar esse som com vocês. Até porque Paramore já é uma banda bem conhecida do público em geral e a maioria das músicas não são tão novidades, mas como essa é lançamento quentinho é uma boa compartilhar com vocês! :)
Não vou me atentar a discografia ou a história da banda hoje, mas só digo que o álbum Paramore (2013) é um dos meus preferidos e eu tenho um carinho enorme por essa banda, o show deles é incrível e foi uma realização ter ido. A Hayley é maravilhosa, escreve canções que definem minha vida e meus sentimentos. Mesmo que no começo dessa nova fase eu não tenha gostado nadinha das novas músicas não posso deixar de não gostar das letras. A Hayley escreve muito bem, ela tem o dom! 
E como não podia ser diferente "26" tem uma ótima letra. Eu adoro quando nomes de música ou filmes batem com a minha idade, por exemplo, quando a Taylor Swift lançou "22" foi exatamente no ano que completei essa idade. E outras diversas situações que já aconteceram assim comigo, acho super legal haha! :)
Bom, a letra de "26" é bonita e triste ao mesmo tempo, acho que todo mundo irá se identificar pelo menos em algum verso. Eu me identifiquei muito, pois vivi uma fase que se encaixa direitinho nas coisas que a Hayley canta, quem leu meu texto de aniversário vai entender. A música é calminha, gostosa de ouvir e espero que vocês gostem. Ah, por motivo de ser fã da banda comprei o CD After Laughter e posso dizer que até estou me acostumando com essa nova fase da banda. Não é de todo ruim não e ouvindo o CD completo tudo faz sentido. 

"Cara, você realmente sabe como deixar alguém pra baixo
Tudo estava bem, até que você chegou
E eu tenho procurado por sonhadores nas nuvens
Afinal, não foi eu quem disse
Pra você manter os pés no chão
Cara, você realmente me derrubou
Segure-se na esperança, se você tem
Não a largue por ninguém
E dizem que sonhar é de graça
Mas eu não me importaria com o que poderia me custar
Você me deixou amarrada, mas eu fico perto da janela
E falo comigo mesma sobre os lugares que eu costumava ir
Espero que algum dia eu só flutue para longe
E esqueça cada coisa cínica que você disse
Quando você vai me ouvir?
Cara, você realmente me derruba
A realidade quebrará seu coração
A sobrevivência não será a parte mais difícil
É manter todas as suas esperanças vivas
Quando todo o resto de você morreu
Então, deixe a realidade quebrar seu coração
E segure-se na esperança, se você tem
Não a largue por ninguém"



Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter
Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

I don’t need you, I have internet

quarta-feira, 21 de junho de 2017


Hello hello! Hoje estou aqui pra mostrar a vocês o que de mais legal e interessante eu encontrei nessa internet nos últimos tempos :)
Para ver os posts anteriores dessa categoria, é só clicar aí em baixo:


Look do dia: saia godê + top floral


A Bruna do blog Literata Indie sempre posta fotos e looks lindíssimos! Sério, adoro as fotos dela, além de ser uma menina super querida <3
Dias desses ela postou esse look de saia e top florido, com coturno e esse óculos todo estiloso, eu adorei! A coroa de flores e o batom vermelho deram todo o charme também. Enfim, tá aí um look que eu gostei bastante e deve ser compartilhado por aqui! 


Veja o look completo AQUI.

Vamos desacelerar?


Já a Ana do blog Elas Disseram escreveu um texto bem bacana falando sobre como a internet nos afeta. Nós acabamos nos comparando muito com a vida "perfeita" das outras pessoas no Instagram e nas demais redes sociais e somos influenciados a consumir determinadas coisas, como se aquilo fosse nos deixar mais felizes e nossa vida então será completa. É uma forma totalmente errada, porém que dá certo para o marketing das empresas e para dar lucro aos psicólogos, afinal ninguém gosta ou quer se sentir inferior a ninguém. 
Eu já me comparei MUITO a outras meninas na internet, achando que minha vida é horrível porque eu não tenho a vida de tal pessoa, não sou daquele jeito etc etc... e isso só me fazia MUITO mal. Hoje em dia, mais velha tento filtrar um pouco essa questão e não me comparar tanto, apesar de ainda ter certas e sérias crises.

"Em um mundo em que nós estamos usando o celular o tempo todo, parece que 50% da nossa vida é virtual. E que tudo que está ali domina também a nossa vida fora das telas. É difícil não se comparar com a vida das outras pessoas no Instagram, quando todo mundo parece estar vivendo os seus melhores dias."

Leia o texto completo AQUI.

Exclua o que não te faz bem e transforme sua vida


Outro texto muito bacana foi o da Kaila do blog Minuto de Bobeiraeu sou uma pessoa que se cobra muito, me culpo, fico triste e desanimada com facilidade e ler algo assim me motiva a pelo menos tentar ser feliz e olhar as coisas de outro modo. 
Passei por umas semanas bem turbulentas nos últimos meses, eu sentia que a energia ao meu redor não contribuía sabe? Mas a gente também tem que buscar o que nos trás boas vibrações e relevar certas situações para podermos ao menos tentar manter o coração mais leve...

"... sabe quando você vai entender isso? Quando você eliminar todas as pessoas tóxicas, os pensamentos negativos, a inveja, o rancor, a mágoa, quando você parar de pensar no que você poderia ter feito, transborde seu coração e o alimente com amor, paz, leveza, alegria, gratidão, bem-estar."

Leia o texto completo AQUI.

Suor e Sacrifício


A Bela do blog A Bela, não a Fera tem um ótimo gosto musical, vocês já perceberam isso? Falando sobre música ela fez um post falando sobre o novo álbum dos caras do CPM 22, Suor e Sacrifício que acaba de ser lançado. No post ela conta brevemente sobre o que cada faixa do disco fala te fazendo ficar bem curioso pra ouvir tudinho haha!
Eu gosto muito de CPM 22, é uma banda da qual tenho um enorme carinho e desejo todo sucesso aos caras. CPM me passa uma mensagem de não desistir, que é o que eles fazem, mesmo nesse país em que bandas de rock nacional estão desvalorizadas, eles jamais desistem fazendo com que nos identifiquemos com cada verso.
Destaque para a música "Never Going To Be The Same" que conta a colaboração do vocalista do Face to Face, Trever Keith

Veja o post completo AQUI.

Espero que tenham gostado da seleção de links e até a próxima atualização!

Music Monday

segunda-feira, 19 de junho de 2017


Hoje vamos de rock nacional por aqui, o que não é muito comum mas saibam que eu gosto sim de bandas nacionais, como eu sempre deixo ao final do post "apoie a cena!"
Nesta segunda-feira temos Hateen, quem aí conhece? Aposto que você já cantarolou "mil novecentos e noventa e sete" ou então "parece que vai ser sempre assim..." 
Hateen tem ótima músicas com letras maravilhosas e muito bem escritas, já cantei e chorei horrores com algumas delas haha. Até comentei no post "minha história em dez músicas" sobre uma música dos caras da qual eu gosto muito, vale a pena dar uma conferida lá. 
Hateen é uma banda de hardcore melódico fundada na Zona Leste de São Paulo em 1994 por Rodrigo Koala, Japinha (CPM 22) e Cesinha Santisteban.
O Hateen tem sete álbuns gravados ao todo, os quatro primeiros com todas as músicas em inglês. A partir do quinto álbum, Procedimentos de Emergência, lançado em 2006, passaram a incluir no repertório músicas em português, influenciados pelo sucesso das composições feitas pelo vocalista Rodrigo Koala para a banda CPM 22.
A banda tem muitas influências, como Nirvana, Weezer, Face To Face, Green Day, Sunny Day Real Estate, Pixies, Dinosaur Jr, Smashing Pumpkins, At The Drive-in, Hot Water Music... 
Ah, outra coisa bacana além das letras são os clipes que na maioria são super bem produzidos e contam uma história forte e dramática fazendo jus a letra. Agora sem mais enrolações, a música indicada de hoje se chama "Obrigado Tempestade", é a faixa de número 2 do álbum de mesmo nome lançado em 2011.  O clipe é bem pesado de assistir, eu particularmente não gosto muito. Então vou deixar aqui apenas o vídeo da música e também o clipe para quem quiser acompanhar a história. Digam nos comentários o que acharam.
Até o momento não fui em nenhum show dos caras, mas tenho muita vontade de ir. Espero ter a oportunidade qualquer dia, vou ficar bem feliz haha :)
E essa é a parte da música que eu mais gosto:

"Estou no chão mas vou sobreviver
Levanto e encontro forças para agradecer
Obrigado tempestade
Por sempre me dar coragem
Pra recomeçar quando parece o fim
Obrigado tempestade
Por me mostrar toda a verdade
Mesmo quando a esperança me faltar
Eu estou sempre aqui"



Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter
Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

26

sexta-feira, 16 de junho de 2017


E aí eu pensei em fazer um texto sobre meus 26 anos que acabam de chegar. 
Hoje dia 16 completo 26 haha!
Fazendo uma breve análise dos meus 25 anos eu posso concluir que foi um bom ano, de grandes realizações e alegria, mas não vou entrar em detalhes pois relembrei todas essas coisas boas de 2016 nesse post. 
Nos últimos meses passei por momentos bem complicados. Acho que foi culpa do inferno astral e acho que devo parar de acreditar nisso. Tudo estava dando errado. A energia ao meu redor estava péssima. Meus amigos estavam com sérios problemas, toda vez que eu chegava em casa depois de um longo dia e queria apenas conversar com minha mãe e receber um abraço ela simplesmente ia dormir e eu me sentia mais sozinha ainda, sem contar em algumas discussões que tivemos onde ela sempre me faz sentir culpada, mas né eu amo minha mãe mais do que tudo porém nem ela estava me ajudando; as coisas no meu trabalho estavam tão corridas e eu estava levando uma "mijada" atrás da outra. Nada estava se encaixando. Pra piorar reprovei mais uma vez no teste prático do Detran o que me deixou extremamente decepcionada comigo mesma. Ah, sem contar no fora que levei de um mocinho por quem eu tinha me interessado e demonstrado todos os meus melhores sentimentos, onde ele me disse coisas que eu realmente não precisava ouvir, mas tudo bem né, mais um fora pra coleção. E pra completar comecei a assistir 13 Reazons Why, série da qual me identifiquei em vááários momentos!
Claro que já passei por momentos bem ruins, todo mundo passa. Isso é a vida, como diz a música que postei nesse Music Monday. Meus problemas internos não são de hoje, convivo com isso desde criança e raramente falo sobre eles com alguém. 
Tem fases em que estou bem, feliz comigo mesma, tentando ser positiva e olhando as coisas pelo lado bom. Mas dessa vez as coisas foram diferentes. Tive crise de ansiedade, de choro, meu coração estava em mil pedaços, me sentia extremamente sozinha, não estava comendo direito, não tinha ânimo pra ouvir música que é algo que eu adoro, tomei calmante/antidepressivo, começava a pensar em todas as coisas que quero e ainda não fiz, me dava uma agonia tremenda pensar no futuro e o que mais me afligia era que dessa vez eu não conseguia olhar as coisas de uma outra perspectiva. Quando percebi isso, me assustei bastante; porque apesar de tudo sempre consegui olhar o lado bom das situações e sabia que aquilo ia passar, mas nessa crise não encontrava solução, parecia que era apenas aquilo, eu não consiga olhar além.
Assisti alguns vídeos e ouvi músicas que falavam exatamente sobre o que eu estava sentindo e conforme os dias foram passando as coisas foram se ajeitando. Eu sei que isso faz parte de mim, mas também sei que preciso melhorar, não me abalar tão facilmente, ser mais forte do que eu acho que sou e sempre, SEMPRE olhar pelo lado bom das coisas e ter a certeza de que aquele momento ruim vai passar. Existe tempo pra tudo não é mesmo? Hoje já consigo entender que toda essa fase foi uma sei lá, uma purificação de alma.
Agradeço a Deus toda vez que acordo bem e depois que o dia termina e percebo que não me auto-sabotei com meus pensamentos de inferioridade. Eu penso muito, imagino situações, diálogos, o que pode dar certo ou não, será que vou conseguir realizar tudo o que quero, afinal agora já tenho 26 anos e quero tantas coisas e não digo apenas coisas materiais, mas viver sabe? Sair, passear, viajar, namorar, estudar, fazer umas loucuras... coisas muitas vezes que não dependem só de mim pra dar certo. Todos esses pensamentos ainda me causam uma agonia horrível, mas preciso ter calma, tudo acontece quando tem que acontecer. É o Kairós de Deus.
Enfim, esse texto está gigante mas eu precisava escrever e compartilhar. Quero, torço, desejo, vou ser forte e fazer com que meus 26 anos sejam incríveis e cheio de realizações! Vou fazer o máximo pra me lembrar de quão sortuda e abençoada sou, tantas coisas maravilhosas já aconteceram comigo, tantas pessoas que gostam de mim mesmo que elas não demostrem sei que elas gostam do jeitinho que sou.
Por favor torçam por mim assim como eu também torço por cada um de vocês, de coração. Obrigada por tudo pessoal e feliz aniversário pra mim! ♥

Music Monday

segunda-feira, 12 de junho de 2017


Hoje tempos a indicação de uma música que tem me ajudado muito nos últimos tempos, se chama "That's Just Life" da banda Memphis May Fire
Memphis May Fire nunca foi uma banda que eu realmente  gostei, na verdade eles tem muita gritaria o que não me agrada, porém as letras são ótimas então dei uma chance aos caras e agora tô curtindo. Memphis May Fire  é uma banda de metalcore/post-hardcore formada em Dallas, Texas em 2006. As músicas da banda possuem temáticas cristãs, quase sempre baseadas em experiências pessoais e acontecimentos em suas vidas; tendo alguns EPs e álbuns lançados: Memphis May Fire (2007), Sleepwalking (2009), Between the Lies (2010), The Hollow (2011), Challenger (2012), Unconditional (2014), Unconditional: Deluxe Edition (2014), This Light I Hold (2016) a banda já tem grande reconhecimento com os fãs do estilo, inclusive até shows no Brasil os caras já fizeram! :)
Como eu disse no início do post, eu não curto tanto assim essa "gritaria" mas as músicas onde o vocalista apenas canta eu não consigo não gostar! Além da música "That's Just Life" ser linda o clipe é mais lindo e emocionante ainda, não tem como não se identificar. O vídeo vai mostrando várias pessoas segurando uma plaquinha e nela está escrito o que lhe faz sofrer, o que cada um está passando e eu me identifiquei com vários sentimentos e até então pensava que seria um clipe apenas triste e nada mais, mas eis que surge a surpresa no final e isso eu não vou contar, vocês terão que assistir e aprestar atenção em cada frase e cada reação de cada pessoa. É lindo, inspirador e nos anima a continuar! ♥

"Eu sei como é se sentir sozinho
O rei de meus próprios medos, eu nunca deixo o trono
E eu estive procurando por um lugar dentro da minha alma
Onde todos os meus demônios não podem me encontrar quando eu for
Supere isso, eles dizem
Então, eu continuo esperando por dias melhores
Eu estaria mentindo se eu dissesse que estou bem
Porque eu sinto dor as vezes, que eu não posso descrever
Portanto, eu levanto meu punho e me viro contra o céu
Ou eu fecho os olhos e percebo, que isso é apenas a vida?
Eu sei como é perder o controle
O peso dentro de mim nem sempre é meu
E eu estou quebrado, onde eu vou acabar eu não sei
Mas talvez esse é o ponto, então eu apenas confio em você
Eu estou me segurando á esperança enquanto viro a página
E eu estou rezando para que exista paz a ser encontrada na dor
Diga-me que amanhã não será igual 
E me diga que isto é apenas uma fase e minha história não termina desta forma
Eu estaria mentindo se eu dissesse que estou bem
Porque eu sinto dor as vezes, que eu não posso descrever
Portanto, eu levanto meu punho e me viro contra o céu
Ou eu fecho os olhos e percebo, que isso é apenas a vida?"



Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter
Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

Outono

quinta-feira, 8 de junho de 2017


Esse dia foi muito bom! Eu e a Alessandra saímos para passear e o dia estava tão lindo... Paramos nessas árvores para fotografar e percebi que o outono nos trás muitas belezas, acho que eu nunca tinha parado pra admirar as folhas secas no chão, o lindo tapete que elas formam... Tinha muitas pessoas fotografando nesse dia e nesse lugar, todo mundo aproveitando um domingo de sol com pessoas que gostam.
Agora falando sobre o look, essa camiseta é minha cara quando a vi na loja tive que comprar haha e essa calça é maravilhosa! Tem uma lavagem linda e se ajeita super bem no corpo, tá aí um look que eu vou usar muitooo!
Já que estamos em clima de outono vou deixar aqui a música "The Fall" do Imagine Dragons pra vocês ouvirem enquanto vêem as fotos.

"Eu estou pronto para o outono
Estou pronto para tudo o que eu acreditava se afastar
Pronto para as folhas
Pronto para as cores se converterem em ouro e desmoronarem"

Camiseta: Renner | Calça de cós altoRenner | Jaqueta de couro: C&A | Bota: Beira Rio



























Best gravidinha *-*






Te amo <3




E teve salada de frutas! :P


E também tem gifs pra vocês rirem da minha cara HAHAH!



E aí gostaram das fotos? Já tiraram fotos assim com tema de outono, folhas secas, árvores? Me contem nos comentários ;)

Music Monday

segunda-feira, 5 de junho de 2017


Eu já comentei com vocês nesse post que eu adoro visitar sites de músicas né? Além de ficar por dentro das novidades sempre acabo conhecendo bandas novas e muito boas. Foi assim que eu conheci a banda indicada de hoje, Mallory Knox.
Alguém postou no grupo do Facebook Pizza & AK-47 (Pop-punk fans group) um clipe da banda e eu curiosa como sempre fui ver e viciei! A partir daquele dia tenho ouvido sempre. 
O grupo de Cambridge lançou, em 2013 seu disco de estreia “Signals” e alcançou a 33ª posição nos charts de álbuns do Reino Unido com singles que mesclam as influências dos rapazes, que vão desde o rock alternativo inglês até o post-hardcore.
A banda é formado por Mikey Chapman nos vocais, Joe Savins e James Gillet nas guitarras, Dave Rawling na bateria e Sam Douglas no baixo. Eles formaram o grupo em 2009 mas, previamente, eles já faziam parte de outras bandas locais e foi assim que se conheceram. O nome da banda é inspirado no personagem Malory Knox, do filme Natural Born Killers.
Os caras foram ganhando reconhecimento e agora já tem três álbuns de estúdio lançados: Signals (2013), Asymmetry (2014) e Wired (2017). 
A música de hoje está presente no último CD dos caras e se chama "California", só pelo nome a gente já sabe que vai ser bom. Tudo o que tem Califórnia no nome é maravilhoso haha!
Sobre a música o vocalista diz que queria que "California" fosse "uma boa melodia de verão" e que "reflete nosso tempo nos Estados Unidos em turnês e as experiências que tivemos lá. Não foi tudo fácil, mas a música é um lembrete para a aceitar e lembrar do bem quando enfrentamos tempos mais difíceis."
A banda também lançou recentemente um EP acústico de cinco faixas, que inclui músicas de seu último álbum 'Wired'. 
Achei a mensagem da música maravilhosa, faz a gente se manter otimistas <3 e o clipe é bem bacana também, eu gosto dessa vibe mais descontraída, gosto de ver as bandas sendo elas mesmas. 

"Você esteve esperando para dar uma volta, então aqui está uma pergunta:
Você vai pular dentro ou se esconder por dentro?
Confie no seu coração e sinta um pouco de amor.
Você perdeu a fé no horário de verão, oh eu sei que é
Um inverno longo e frio deste lado da cidade
Mas aqueça seu coração e sinta um pouco de amor.
Vou lhe contar um segredo, te mostrar um lado novo para mim
Porque eu encontrei meu coração na Califórnia do outro lado do mar
E agora eu me lembro de como ser a pessoa que eu quero ser
Ela é pra mim o anjo no meu ombro 
Como você pode imaginar, quando tudo que você vê é para baixo?
Parece uma segunda natureza para as pessoas ao redor
Então talvez deva dar um salto e sair da sua mente
Você ganhará uma nova perspectiva
Você está percebendo que corações solitários podem sentir um pouco de amor
Há uma imagem que é queimada no tempo
Eu posso ver isso porque ele vive dentro da minha mente
Eu posso ver quando eu fecho meus olhos
Eu vou lembrar, jogando moedas de um centavo em um poço de desejo
Incêndios no ar da meia-noite para matar
Todos os nossos sonhos causam dor como o inferno
Eu lembrarei
Vou me encantar até o fim dos tempos
Nós nos separamos, mas vemos as mesmas estrelas no céu
Contamos os minutos com o passar dos dias
Você vai se lembrar
Vou lhe contar um segredo, te mostrar um lado novo para mim
Porque eu encontrei meu coração na Califórnia do outro lado do mar
E agora eu me lembro de como ser a pessoa que eu quero ser
Eu encontrei meu coração na Califórnia"




Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter
Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!
Hey I'm With The Band